Formação Sindical

Observatório Emprego

Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Agenda Sindical

 

 

29 de Outubro (até final do ano lectivo):

Greve nacional (ao trabalho suplementar) dos professores, pela contagem integral do tempo de serviço e contra a fixação de horários de trabalho ilegais.

Fonte: FENPROF

5 de Novembro (por tempo indeterminado):

Greve (ao trabalho suplementar) dos estivadores em todos os portos nacionais (excepto o de Setubal, que terminou a 14/12), até que haja um contrato coletivo de trabalho.

Fonte: CGTP-IN

20 de Novembro 2018 a Outubro 2019:

Greve nacional (21 dias) dos juízes portugueses, aprovada em assembleia geral, como medida de protesto para alcançar um acordo global e estável para a revisão completa do EMJ.

Fonte: ASJP

4 de Janeiro a 4 de Outubro:

Greve ao trabalho não remunerado dos Oficiais de Justiça devido à falta de reconhecimento ao trabalho obrigatório, sem qualquer tipo de remuneração e reconhecimento, em especial para efeitos do regime de aposentação.

Fonte: SOJ

16 de Janeiro a 1 de Julho:

Greve dos estivadores do porto Praia da Vitória, nos Açores, em defesa da liberdade de filiação sindical e melhores condições de trabalho.

Fonte: SEAL

23 de Janeiro a 31 de Dezembro:

Greve a todo o trabalho extraordinário dos guardas prisionais do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), paralisação marcada pelo Sindicato Nacional da Guarda Prisional.

Fonte: SNCGP

1 de Abril a 30 de Junho:

Greve (novo ciclo) dos inspectores das pescas ao trabalho extraordinário e em dias de descanso semanal e feriados, para exigir o reinicio das negociações (interrompidas) da revisão da carreira de inspecção das pescas.

Fonte: CGTP-IN

8 a 18 de Abril:

Greve dos trabalhadores da Hanon SystemsVisteon (Palmela), empresas de material eléctrico e electrónico, pelo aumento dos salários e em defesa dos direitos que emanam do contrato colectivo de trabalho.

Fonte: FIEQUIMETAL

17 de Abril:

Acção de luta dos trabalhadores da Hotelaria, promovida pelo Sindicato da Hotelaria do Sul, com concentração e desfile em Lisboa, para denunciar publicamente a situação precária que vive o sector.

Fonte: CGTP-IN

19 a 22 de Abril:

Jornada de luta dos trabalhadores da Ambijardim (limpeza industrial), para exigir que a empresa entregue os seus descontos à Segurança Social.

Fonte: STAD

22 e 23 de Abril:

Greve (parcial) dos trabalhadores da SOFLUSA, pela admissão de trabalhadores e que a nova escala respeite o Acordo de Empresa.

Fonte: FECTRANS

22, 23, 24, 26, 29 e 30 de Abril

Greve dos trabalhadores da Prysmian/Celcat, em resposta à intransigência patronal em várias matérias nas negociações do acordo de empresa.

Fonte: SIESI

27 e 28 de Abril:

Greve dos trabalhadores da Fundação Centro Cultural de Belém, decidida em plenário, devido à falta de vontade da administração em negociar aumentos salariais, um acordo de empresa e a contratação de mais trabalhadores.

Fonte: CENA-STE

30 de Abril:

Greve dos trabalhadores da CP das Gares do Oriente e de Stª Apolónia, devido à falta de trabalhadores que assegure um serviço público de qualidade.

Fonte: FECTRANS

 

contra a imposição de alterações ilegais de horários de trabalho