Formação Sindical

Observatório Emprego

Portuguese English French German Italian Russian Spanish
Agenda Sindical

 

 

20 de Novembro 2018 a Outubro 2019:

Greve nacional (21 dias) dos juízes portugueses, aprovada em assembleia geral, como medida de protesto para alcançar um acordo global e estável para a revisão completa do EMJ.

Fonte: ASJP

4 de Janeiro a 4 de Outubro:

Greve ao trabalho não remunerado dos Oficiais de Justiça devido à falta de reconhecimento ao trabalho obrigatório, sem qualquer tipo de remuneração e reconhecimento, em especial para efeitos do regime de aposentação.

Fonte: SOJ

16 de Janeiro a 1 de Julho:

Greve dos estivadores do porto Praia da Vitória, nos Açores, em defesa da liberdade de filiação sindical e melhores condições de trabalho.

Fonte: SEAL

23 de Janeiro a 31 de Dezembro:

Greve a todo o trabalho extraordinário dos guardas prisionais do Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL), paralisação marcada pelo Sindicato Nacional da Guarda Prisional.

Fonte: SNCGP

1 de Abril a 30 de Junho:

Greve (novo ciclo) dos inspectores das pescas ao trabalho extraordinário e em dias de descanso semanal e feriados, para exigir o reinicio das negociações (interrompidas) da revisão da carreira de inspecção das pescas.

Fonte: CGTP-IN

5 de Junho a 5 de Julho:

Greve dos Bombeiros sapadores, convocada pelo STML, por falta de resposta do poder político às suas reivindicações.

Fonte: STML

7, 9, 11 e 14 de Junho e 11 a 13 de Julho:

Greve à apresentação de espectáculos dos trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) e da Companhia Nacional de Bailado (CNB), pelo cumprimento do acordo relativo ao regulamento interno do pessoal, entre outros.

Fonte: CENA-STE

18 e 24 de Junho:

Greve e concentração (em Lisboa) dos trabalhadores da Randstad (na EDP), pela negociação efetiva aumentos salariais, subsídio de refeição e carreiras.

Fonte: FIEQUIMETAL

24 a 28 de Junho:

Semana de luta Corticeira, com greves, desfiles e concentrações, dos trabalhadores da indústria corticeira, pela actualização salarial e sub refeição, melhoria das condições de trabalho, entre outros.

Fonte: CGTP-IN

25 de Junho:

Tribuna Pública, no Cais do Sodré, dos trabalhadores dos transportes públicos, em defesa do serviço público de transportes com qualidade, seguro e acessível à generalidade da população.

Fonte: FECTRANS

25 e 28 Junho e  4 e 12 de Julho:

Greve dos Oficiais de justiça, devido à forma como o Governo decidiu aplicar um suplemento de 10% no salário. provocando "uma redução efetiva do vencimento".

26, 27 e 28 de Junho:

Greve nacional e regional dos Magistrados do Ministério Público, devido à ausência de paralelismo entre as magistraturas (magistrados e juízes) proposta pelo Governo.

Fonte: SMMP

27 de Junho:

Greve e concentração dos Técnicos Superiores de Diagnostico e Terapêutica, pelo respeito pela antiguidade de carreira e pela revisão da tabela salarial.

Fonte: STFPSSRA

28 de Junho:

Greve nacional dos trabalhadores da saúde, por aumentos salarias, valorização das carreiras, criação da Carreira TAS, contratação de mais trabalhadores e pela defesa do SNS.

Fonte: STFPSSRA

28 de Junho:

Greve dos trabalhadores da área comercial da CP em Lisboa, contra a degradação do serviço devido à redução de trabalhadores.

Fonte: SNTSF

29 de Junho:

Greve dos trabalhadores do Clube Praia da Oura e do Oura Praia Hotel, do Grupo MGM Hotels & Resorts - Albufeira, por aumentos salariais justos.

Fonte: CGTP-IN

3 de Julho:

Greve e concentração dos médicos, em resposta à contínua recusa do Ministério da Saúde em negociar as reivindicações dos médicos.

Fonte: FNAM

5 de Julho:

Greve nacional dos trabalhadores dos CTT, pela renacionalização da empresa, a admissão de  trabalhadores efectivos, a reabertura de todas as estações que encerraram nos últimos 10 anos, a valorização profissional e salarial.

Fonte: FECTRANS

 

contra a imposição de alterações ilegais de horários de trabalho